1. Início
  2. Investimento
  3. Tomador
  4. Se eu emprestar e a pessoa não pagar. O que vocês fazem?

Se eu emprestar e a pessoa não pagar. O que vocês fazem?

A Mutual realiza a cobrança extrajudicial, que é entrar em contato com quem pediu o empréstimo para que ele cumpra seu acordo. Além disso, por lei, adicionamos o valor de multa e juros e o investidor recebe este acréscimo ao pagamento da parcela.

Com 30 dias de atraso, quem está devendo torna-se inadimplente. A partir disso, nós negativamos o nome dele junto ao SPC e cobramos multa de 2% do atraso, mais juros diários de 0,033%. Nós fazemos ligações diárias e cobranças por e-mail e mensagens.

Após um atraso superior a 90 dias no pagamento, a Mutual irá avaliar caso a caso, verificando a necessidade e chance de sucesso de se entrar com a ação judicial para reaver os valores não pagos.

A decisão será tomada com base em um cálculo de econometria processual, chance de pagamento e outras variáveis internas. Tomamos assim, baseado em algoritmos e análise de cada caso, a decisão de ingressar judicialmente.Uma vez decidido iniciar o processo, avaliaremos todas as custas relacionadas e anteciparemos o pagamento das mesmas. Destacamos que, ao final do processo, o valor da ação judicial será repassado e compartilhado entre os investidores, como consta no Artigo 10, inciso 10.16 do termo para investidores.

Entenda melhor sobre a nossa inadimplência, acesse aqui.

Atualizado em 12/11/2019

Este artigo foi útil?

Artigos Relacionados